AVISO

Imagem do Dia


Galáxia NGC 4945

Ditos

"Só começaremos a perceber como o Universo é simples quando reconhecermos quão estranho ele é."
- John Wheeler


Os buracos negros fazem ondas pelo Universo

2016-02-16

Créditos: MIT-Caltech
Cem anos após serem previstas, os cientistas detetaram ondas gravitacionais!

Ondas gravitacionais são ondulações no tecido do Universo (para saberes mais lê: O tecido deformado do nosso Universo). Estas ondulações são ocasionadas por acontecimentos violentos e energéticos no espaço, como a colisão de buracos negros, explosão de estrelas e até o nascimento do próprio Universo.

Em 1916, um cientista de nome Albert Einstein, previu a existência de ondas gravitacionais. No entanto foi necessário esperar cerca de 100 anos para que surgissem provas da sua existência.

A 14 de setembro de 2015 detetaram-se pela primeira vez ondas gravitacionais. Estas ondas foram produzidas num Universo distante, há mais de mil milhões de anos atrás quando dois buracos negros supermassivos colidiram. A colisão agitou o espaço de tal forma que as ondas gravitacionais se afastaram para o exterior, viajando em todas as direções, tal como a ondulação que se produz quando atiramos uma pedra para um lago.

Apesar do seu nascimento ser extremamente violento, na altura em que as ondas gravitacionais alcançaram a Terra eram extremamente minúsculas, um milhão de milhões de vezes mais pequenas que a espessura de um cabelo humano! Para termos alguma esperança de as detetarmos precisamos das ferramentas com maior sensibilidade na Galáxia: os instrumentos LIGO.

Existem dois instrumentos LIGO, cada um consiste num túnel em forma de L que se estende por 4 quilómetros. Os túneis são iluminados em todas as direções por raios laser. Usando estes raios é possível medir com grande precisão o comprimento do túnel.

Quando as ondas gravitacionais passam através da Terra esticam e comprimem ligeiramente o planeta. Este fenómeno causa uma pequena diferença no comprimento dos túneis do LIGO. Ao medir esta alteração observaram-se as ondas gravitacionais e provou-se finalmente sem sombra de dúvidas que Einstein era realmente um homem muito inteligente!

Facto Curioso: Quando estes dois buracos negros colidiram tinham mais potência que a luz de todas as estrelas e galáxias no Universo... x10! Mas só por um ínfimo instante

Link para a notícia original: http://www.unawe.org/kids/unawe1605/