AVISO

Imagem do Dia


NGC 6960 - Nebulosa do Véu (parte Oeste)

Ditos

"A realidade é apenas uma ilusão, uma ilusão muito persistente."
- Albert Einstein


Destacando-se na Multidão

2013-03-23

Créditos: ESO
Em 1999, esta galáxia flutuava pacífica e despreocupadamente através do espaço. Então de repente, esta serenidade foi abalada por uma explosão espetacular. Era a morte tumultuosa de uma estrela massiva, um dos eventos mais violentos na natureza. Chamamos a estas explosões 'supernovas' e esta foi suficientemente brilhante para ofuscar o resto de toda a galáxia!

Esta imagem deslumbrante da galáxia vizinha foi capturada pelos astrónomos que estudavam as consequências da explosão. Viram o brilho da supernova, a desvanecer-se progressivamente ao longo dos anos. Tem enfraquecido de tal forma que a outrora resplandecente supernova mal se consegue ver nesta imagem. Apesar de a supernova ser tão fraca, os astrónomos ainda conseguiram revelar alguns detalhes sobre a estrela que explodiu. Era enorme antes de sua morte — mais de oito vezes o nosso Sol!

Esta imagem não consegue mostrar a luz brilhante da supernova, mas revela algumas características interessantes. Esta galáxia é conhecida por ser uma 'galáxia em espiral', como a Via Láctea. O nome deriva dos seus frouxos braços em forma de espiral que podem ver-se enrolando-se em torno do centro brilhante da galáxia. Os braços espirais nesta imagem são destacados por um padrão de brilhantes jovens estrelas azuis, nuvens de gás brilhante e faixas de poeira escura.

Facto Curioso: Uma supernova pode criar mais energia do que o Sol criará em toda a sua vida. E o Sol viverá até atingir cerca de 10 milhares de milhões de anos!

Este Space Scoop é baseado na Nota de Imprensa Científica do ESO.

Link para a noticia original: http://www.unawe.org/kids/unawe1321/