Imagem do Dia: Nebulosa planetária Abell 43

2004-10-18

Crédito: Ed Walendowski/Adam Block/NOAO/AURA/NSF.
Abell 43 é uma nebulosa planetária situada em Ofiúco nada fácil de observar. Com uma geometria aproximadamente esférica, Abell 43 é o resultado da morte de uma estrela como o nosso Sol. No seu centro situa-se uma anã branca, um corpo denso resultante do colapso de uma estrela que terminou a sua vida ao esgotar o hidrogénio que lhe permitia brilhar. As estrelas nascem no seio de nuvens de gás e poeira. Vivem à custa do hidrogénio que consomem em reacções nucleares. Findo esse "combustível", as estrelas terminam a sua vida de uma forma mais ou menos espectacular, dependendo das suas massas. Estrelas como o Sol terminam sob a forma de uma anã branca, deixando à sua volta os restos das suas camadas gasosas, formando nebulosas planetárias como a que vemos nesta imagem.
 

Outras Imagens do Dia:
2019-09-20 - A galáxia activa NGC 1068
2019-09-19 - Enxame NGC 7380
2019-09-18 - M 87 - Um jacto extragaláctico
2019-09-17 - Marte visto pela Viking 2
2019-09-16 - A nebulosa Insecto (NGC 6302)
2019-09-15 - Galáxia de Andrómeda
2019-09-14 - Enxame aberto M34 (NGC 1039)
2019-09-13 - Nebulosa da Lagoa (M 8) e da Trífida (M 20)
2019-09-12 - Anéis de Saturno vistos pela Cassini
2019-09-11 - Cassini


Mais Imagens...