Imagem do Dia: O "Hubble Deep Field"

2018-09-16

Crédito: R. Williams, The HDF Team (STScI), NASA.
Telescópio: Hubble Space Telescope (HST).
Esta imagem, designada por "Hubble Deep Field", foi obtida há uns anos atrás pelo Hubble, e constituíu, na altura, a visão mais longínqua do Universo que a Humanidade alguma vez tinha obtido. Os pontos mais fracos na imagem são galáxias muito distantes, algumas cerca de 4 mil milhões de vezes mais fracas do que as estrelas mais fracas que ainda podemos ver a olho nu. Estas galáxias representam o Universo tal como ele era poucos milhões de anos após o Big Bang. Para se obter esta imagem, foi necessário apontar o Hubble numa determinada direcção desprovida de estrelas, perto da constelação da Ursa Maior, durante mais de 10 dias consecutivos.
 

Outras Imagens do Dia:
2018-12-13 - Nebulosa da Íris (NGC 7023)
2018-12-12 - Jactos de raios-X na nebulosa "Pata de Cavalo" (M17)
2018-12-11 - Enxame aberto NGC 7129
2018-12-10 - Remanescente de supernova SNR0103-72.6
2018-12-09 - Nebulosa da Roseta
2018-12-08 - M 22 (NGC 6656)
2018-12-07 - Galáxia Whirlpool (M 51)
2018-12-06 - Dois discos em torno de Beta Pictoris
2018-12-05 - Nebulosa planetária Abell 43
2018-12-04 - NGC 2237 - Nebulosa da Roseta


Mais Imagens...