Imagem do Dia: Nebulosa da Tarântula

2018-07-18

Crédito: ESA/NASA, ESO, Danny LaCrue (copyright).
Telescópio: Hubble Space Telescope + New Technology Telescope.
Esta imagem da nebulosa da Tarântula consiste num mosaico formado por imagens obtidas pelo Hubble Space Telescope e pelo New Technology Telescope do ESO. A Tarântula situa-se a cerca de 170000 anos-luz de distância e faz parte da Grande Nuvem de Magalhães, podendo ser vista a olho nu no hemisfério Sul como uma pequena mancha leitosa no céu. No centro da Tarântula existe um pequeno enxame de estrelas de elevada massa, designado por R136. Este enxame têm "apenas" 5 milhões de anos de idade e contém estrelas que ainda estão em formação. Na parte de baixo da imagem pode-se ainda ver Hodge 301, um enxame de estrelas cerca de 10 vezes mais velho do que R136. Algumas das estrelas pertencentes a Hodge 301 são tão velhas que já explodiram sob a forma de supernova.
 

Outras Imagens do Dia:
2018-08-21 - Aglomerado globular M 15
2018-08-20 - Formação de estrelas na galáxia NGC4214
2018-08-19 - Cometa Machholz
2018-08-18 - Fontes intensas de raios-X em M 101
2018-08-17 - Enxame aberto M 47
2018-08-16 - M87 - Um jacto extragaláctico
2018-08-15 - O "Hubble Ultra Deep Field"
2018-08-14 - Auto-retrato do rover Opportunity
2018-08-13 - Continente europeu visto pelo Envisat
2018-08-12 - Sojourner na superfície de Marte


Mais Imagens...