Imagem do Dia: A Via Láctea no Infravermelho

2018-01-23

Crédito: E.L. Wright (UCLA), The COBE Project, DIRBE, NASA.
Telescópio: COsmic Background Explorer (COBE).
Esta imagem foi obtida pelo satélite COBE e mostra o plano da nossa galáxia na banda do infravermelho. O disco fino da nossa galáxia espiral é visto claramente, com as estrelas a aparecerem a branco e a poeira interestelar a vermelho. Até à invenção do telescópio, ninguém sabia exactamente o que era a Via Láctea, aquela mancha branca, leitosa, visível a olho nu numa noite límpida. Cerca de 300 anos atrás, os primeiros telescópios permitiram concluir que ... a Via Láctea era composta por estrelas! No início do séc.XX, telescópios mais poderosos revelaram que a Via Láctea era apenas mais uma galáxia no meio de muitas mais. Nos dias de hoje, telescópios ainda mais poderosos permitem-nos estudar a nossa galáxia de muitas formas através do uso de instrumentos sensíveis a radiação proveniente de várias bandas do espectro electromagnéctico. É o caso dos instrumentos a bordo do COBE, um satélite lançado em 1989 com o objectivo de medir a radiação de fundo infravermelha e de micro-ondas produzida no início do Universo.
 

Outras Imagens do Dia:
2019-11-22 - Erupção de uma proeminência no Sol
2019-11-21 - Aglomerado globular M 55
2019-11-20 - Enxame NGC 7380
2019-11-19 - Disco gigante de gás quente em NGC 1700
2019-11-18 - Enxame aberto M 23 (NGC 6494)
2019-11-17 - Jactos de raios-X na nebulosa "Pata de Cavalo" (M17)
2019-11-16 - Nebulosa NGC 604
2019-11-15 - Galáxia espiral NGC 1288
2019-11-14 - Nebulosa planetária Henize 3-1475
2019-11-13 - CFHT


Mais Imagens...