Imagem do Dia: Nebulosa da Tarântula

2017-12-06

Crédito: ESA/NASA, ESO, Danny LaCrue (copyright).
Telescópio: Hubble Space Telescope + New Technology Telescope.
Esta imagem da nebulosa da Tarântula consiste num mosaico formado por imagens obtidas pelo
Hubble Space Telescope e pelo New Technology Telescope do ESO. A Tarântula situa-se a cerca de 170000 anos-luz de distância e faz parte da Grande Nuvem de Magalhães, podendo ser vista a olho nu no hemisfério Sul como uma pequena mancha leitosa no céu. No centro da Tarântula existe um pequeno enxame de estrelas de elevada massa, designado por R136. Este enxame têm "apenas" 5 milhões de anos de idade e contém estrelas que ainda estão em formação. Na parte de baixo da imagem pode-se ainda ver Hodge 301, um enxame de estrelas cerca de 10 vezes mais velho do que R136. Algumas das estrelas de pertencentes a Hodge 301 são tão velhas que já explodiram sob a forma de supernova.
 

Outras Imagens do Dia:
2017-12-18 - Colisão galáctica - NGC 2207 e IC 2163
2017-12-17 - Supernova SN1987A vista pelo Hubble
2017-12-16 - Nebulosa planetária NGC 40
2017-12-15 - Nebulosa da Lagoa (M 8) e da Trífida (M 20)
2017-12-14 - Galáxia NGC 613
2017-12-13 - Iapetus - O satélite com "dupla" face
2017-12-12 - Enxame de galáxias RDCS 1252.9-2927
2017-12-11 - Um pequeno ponto azul no espaço
2017-12-10 - Objecto Herbig-Haro 34
2017-12-09 - Galáxia Whirlpool (M51) vista pelo Spitzer


Mais Imagens...