Imagem do Dia: Nebulosa Boomerang

2017-09-11

Crédito: J. Biretta (STScI), Hubble Heritage Team, (STScI/AURA), ESA, NASA.
Telescópio: Hubble Space Telescope (HST).
A nebulosa Boomerang parece ter sido formada a partir de um vento de alta velocidade de gás e poeira que emana de uma estrela central velha. O que confina este vento, que parece atingir velocidades da ordem de 600000 km/h, é ainda um mistério. Poderá ser a existência de um disco central denso ou a existência de fortes campos magnéticos. Pensa-se que esta nebulosa está a evoluir para a fase de nebulosa planetária, estágio final de evolução de determinadas estrelas quando esgotam o "combustível" que lhes permite brilhar. A nebulosa Boomerang estende-se por mais de 1 ano-luz e situa-se a cerca de 5000 anos-luz de distância.
 

Outras Imagens do Dia:
2018-02-23 - Iapetus - O satélite com "dupla" face
2018-02-22 - Cratera Golubkina em Vénus
2018-02-21 - Nebulosa de emissão NGC 6820
2018-02-20 - Bolha de gás quente na galáxia NGC 3079
2018-02-19 - NGC 3982 - À espera de supernovas
2018-02-18 - Vénus
2018-02-17 - Rhea vista por Cassini
2018-02-16 - M 17 - Jactos de raios-X na nebulosa Pata de Cavalo
2018-02-15 - O Telescópio Espacial Hubble
2018-02-14 - Remanescente de supernova N63A


Mais Imagens...