Imagem do Dia: A Nossa Estrela

2017-01-08

Crédito: Luis Evangelista
Telescópio: William Optics Megrez SD 80mm f/6
Instrumento: Canon Powershot G3
A estrela mais próxima de nós, o Sol, pode ser visto nesta sequência de imagens obtidas nos dias 13, 15, 16 e 18 de Fevereiro, pelo astrónomo amador Luís Evangelista, em Sintra. Nesta sequência podemos observar a rotação da superfície visível da nossa estrela. Não sendo sólido, o período de rotação do Sol varia com latitude, desde os 25,4 dias no equador até cerca de 36 dias nas zonas polares. O Sol é constituído (em massa) por 70% de hidrogénio e 28% de Hélio, com os restantes 2% fomados por elementos mais pesados, como Cálcio, Ferro, Carbono, etc.
Na animação é possível ver o progresso da mancha solar correspondente à região activa NOAA 10735 ao longo de 6 dias. As manchas solares são zonas na superfície do Sol, a fotosfera, ligeiramente mais frias que os habituais 5800 K, parecendo escuras por comparação, uma vez que a sua temperatura ronda os 3800 a 4500 K.
O Sol não deve nunca ser observado por um telescópio ou binóculos sem protecção adequada. A não observância desta regra pode provocar lesões oculares, graves e irreversíveis. Esta imagem foi obtida com um telescópio equipado com um filtro solar de luz branca.
 

Outras Imagens do Dia:
2019-07-21 - Finos anéis
2019-07-20 - Violenta actividade no centro de Centauro A (NGC 5128)
2019-07-19 - A Via Láctea no Infravermelho
2019-07-18 - Astrónomos na Noite
2019-07-17 - Nebulosas do "Coração" e da "Alma"
2019-07-16 - Enxame de estrelas RCW38
2019-07-15 - Nebulosa da Tarântula
2019-07-14 - Nebulosa de emissão NGC 6820
2019-07-13 - Nebulosa planetária Henize 3-1475
2019-07-12 - Vida em Marte?


Mais Imagens...