Imagem do Dia: M 57 - Nebulosa do Anel

2003-02-10

Crédito: NASA & The Hubble Heritage Team (STScI/AURA).
Telescópio: Hubble Space Telescope (NASA/ESA).
Instrumento: Wide Field Planetary Camera 2 (WFPC2).
Localizada na constelação da Lira, a Nebulosa do Anel (M 57 ou NGC 6720) é o exemplo mais conhecido de uma nebulosa planetária. Encontra-se a 2 000 anos-luz da Terra e a sua extensão é de aproximadamente 1 ano-luz. No seu centro, encontra-se o que resta de uma estrela que, em fase final da sua vida, ejectou as suas camadas mais externas para o espaço. Esta imagem revela que aquilo que parece ser um anel em forma de elipse é, afinal, um cilindro de gás visto quase de frente. Estas formas alongadas são comuns em nebulosas planetárias, pois discos espessos de gás e poeira formam uma cintura à volta da estrela moribunda, travando a expansão, nessa direcção, do material ejectado. O caminho mais fácil para o material escapar para o espaço é por cima ou por baixo da estrela. Na imagem, destacam-se ainda numerosas nuvens escuras de poeira, em forma de dedos, que se formaram na periferia da nebulosa. A maioria destas nuvens aponta para fora da nebulosa, para longe da estrela central, devido à pressão da radiação e ao gás ejectado da estrela.

 

Outras Imagens do Dia:
2019-01-16 - NGC 2392 - Nebulosa do "Esquimó"
2019-01-15 - Cometa Halley
2019-01-14 - M 16 - Os "Pilares da Criação" na nebulosa da Águia
2019-01-13 - NGC 5128 - Centauro A (centro)
2019-01-12 - NGC 2903
2019-01-11 - Actividade na superfície de Marte
2019-01-10 - M 86 - Uma galáxia em aproximação
2019-01-09 - Anel de Diamante
2019-01-08 - Protuberâncias solares visíveis durante eclipse solar total
2019-01-07 - Anãs castanhas em Ofiúco


Mais Imagens...