Imagem do Dia: Aglomerado globular NGC 6397

2014-11-01

Crédito: NASA & The Hubble Heritage Team (STScI/AURA).
Telescópio: Hubble Space Telescope (NASA/ESA).
Instrumento: Wide Field Planetary Camera 2 (WFPC2).
Esta imagem obtida pelo Telescópio Espacial Hubble do aglomerado globular NGC 6397 faz lembrar um tesouro recheado de jóias cintilantes. O aglomerado fica situado na constelação Altar a 8200 anos-luz de distância. As estrelas estão tão densamente distribuidas que a sua densidade estelar é cerca de um milhão de vezes mais elevada que aquela que encontramos na vizinhança do Sol. Estas estrelas estão, em média, apenas a algumas semanas-luz de distância umas das outras, enquanto que a estrela mais próxima do Sol se situa a 4 anos-luz de distãncia. As estrelas deste aglomerado estão em constante movimento, tal como um enxame de abelhas agitadas. Devido à elevada densidade estelar, por vezes ocorrem algumas colisões, levando à formação de novas estrelas muito quentes e muito brilhantes. No entanto, as colisões são muito pouco prováveis. Mais provável é uma das estrelas "capturar" uma outra, ficando as duas gravitacionalmente ligadas, formando um sistema binário.
 

Outras Imagens do Dia:
2019-07-19 - A Via Láctea no Infravermelho
2019-07-18 - Astrónomos na Noite
2019-07-17 - Nebulosas do "Coração" e da "Alma"
2019-07-16 - Enxame de estrelas RCW38
2019-07-15 - Nebulosa da Tarântula
2019-07-14 - Nebulosa de emissão NGC 6820
2019-07-13 - Nebulosa planetária Henize 3-1475
2019-07-12 - Vida em Marte?
2019-07-11 - Titã em Infravermelho
2019-07-10 - Vénus, Júpiter e Spica


Mais Imagens...