Imagem do Dia: Remanescente de supernova N63A

2014-10-22

Crédito: NASA, ESA, HEIC, The Hubble Heritage Team (STScI/AURA).
Telescópio: Huble Space Telescope (HST).
Esta é uma imagem de um dos nós do remanescente de supernova N63A. Situado na Grande Nuvem de Magalhães, a cerca de 150000 anos-luz de distância, este remanescente de supernova é um dos maiores desta nossa galáxia vizinha. Muitos dos seus nós têm sido comprimidos e dado origem a novas estrelas, continuando assim o ciclo de vida e morte estelar na galáxia. N63A estende-se por cerca de 25 anos-luz. Uma supernova é o resultado da explosão de uma estrela de elevada massa quando esta esgota o seu combustível nuclear. Ao explodir, a estrela dissemina pelo espaço grandes quantidades de matéria, formando aquilo que se designa por um "remanescente de supernova".
 

Outras Imagens do Dia:
2019-09-16 - A nebulosa Insecto (NGC 6302)
2019-09-15 - Galáxia de Andrómeda
2019-09-14 - Enxame aberto M34 (NGC 1039)
2019-09-13 - Nebulosa da Lagoa (M 8) e da Trífida (M 20)
2019-09-12 - Anéis de Saturno vistos pela Cassini
2019-09-11 - Cassini
2019-09-10 - Nebulosa "América do Norte" (NGC 7000)
2019-09-09 - Proeminência solar
2019-09-08 - Nebulosa IC 1396
2019-09-07 - Colisão galáctica - NGC 2207 e IC 2163


Mais Imagens...