Imagem do Dia: SN 1572 - Remanescente da supernova Tycho

2003-08-28

Crédito: NASA/CXC/SAO.
Telescópio: Chandra X-ray Observatory (NASA).
Instrumento: Advanced X-ray astrophysics facility CCD Imaging Spectrometer (ACIS).
Esta é uma imagem dos restos turbulentos criados pela explosão da supernova observada pelo astrónomo dinamarquês Tycho Brahe, em 1572. Também conhecida por SN 1572, encontra-se a 7500 anos-luz, na constelação da Cassiopeia. As cores mostram os diferentes níveis de energia de raios-X: vermelho, verde e azul representam baixa, média e alta energia, respectivamente. O corte em baixo deve-se a que a região mais a Sul do remanescente de supernova encontra-se fora do campo de visão do detector. O remanescente de supernova expande-se criando uma onda de choque, cujo contorno é formado por gás a 20 milhões de graus Celsius, que aparece na imagem como arcos circulares azuis, muito brilhantes. Os restos estelares estão a uma temperatura de cerca de 10 milhões de graus e só são visíveis em raios-X; na imagem aparecem como uma mancha pintalgada por dedos amarelos, verdes e vermelhos de gás. Não se detecta uma fonte central neste remanescente, o que é consistente com outras evidências de que a supernova de Tycho é uma supernova do tipo Ia – resulta da explosão de uma anã branca pertencente a um sistema binário quando a sua massa ultrapassa o limite de Chandrasekhar, devido a ter roubado matéria à sua companheira.
 

Outras Imagens do Dia:
2019-07-21 - Finos anéis
2019-07-20 - Violenta actividade no centro de Centauro A (NGC 5128)
2019-07-19 - A Via Láctea no Infravermelho
2019-07-18 - Astrónomos na Noite
2019-07-17 - Nebulosas do "Coração" e da "Alma"
2019-07-16 - Enxame de estrelas RCW38
2019-07-15 - Nebulosa da Tarântula
2019-07-14 - Nebulosa de emissão NGC 6820
2019-07-13 - Nebulosa planetária Henize 3-1475
2019-07-12 - Vida em Marte?


Mais Imagens...