Imagem do Dia: Remanescente de supernova SNR0103-72.6

2010-07-01

Crédito: NASA/CXC/PSU/S.Park.
Telescópio: Chandra.
Instrumento: ACIS.
Esta imagem de raios-X obtida pelo satélite Chandra do remanescente de supernova SNR0103-72.6 revela a existência de um anel quase perfeito com cerca de 150 anos-luz de diâmetro em volta de uma nuvem de gás rica em oxigénio. Este anel marca os limites da onda de choque provocada pela ejecção de material provocada pela supernova. Sendo o oxigénio um dos elementos mais abundantes nesta supernova, fica-se a saber que a estrela que explodiu tinha, pelo menos, dez vezes a massa do Sol, dado que o oxigénio é sintetizado através de reacções nucleares no interior destas estrelas. O facto de o oxigénio e outros elementos essenciais à vida serem sintetizados no interior de estrelas de massa elevada e depois serem disseminados no Meio Interestelar pela explosão de supernovas já é conhecido há muitos anos, mas são conhecidas poucos remanescentes de supernova ricos neste elemento, dado o oxigénio se misturar com o gás interestelar ao fim de poucos milhares de anos. SNR0103-72.6 localiza-se na Pequena Nuvem de Magalhães, uma pequena galáxia nossa vizinha, visível a olho nu no hemisfério Sul, a cerca de 190000 anos-luz de distância.
 

Outras Imagens do Dia:
2019-09-20 - A galáxia activa NGC 1068
2019-09-19 - Enxame NGC 7380
2019-09-18 - M 87 - Um jacto extragaláctico
2019-09-17 - Marte visto pela Viking 2
2019-09-16 - A nebulosa Insecto (NGC 6302)
2019-09-15 - Galáxia de Andrómeda
2019-09-14 - Enxame aberto M34 (NGC 1039)
2019-09-13 - Nebulosa da Lagoa (M 8) e da Trífida (M 20)
2019-09-12 - Anéis de Saturno vistos pela Cassini
2019-09-11 - Cassini


Mais Imagens...