Imagem do Dia: Aurora vista da Estação Espacial Internacional

2003-07-21

Crédito: NASA, Don Pettit.
Telescópio: International Space Station (ISS).
Instrumento: Câmara N1.
Fotografia de uma aurora boreal tirada a partir da Estação Espacial Internacional pelo astronauta Don Pettit. O vento solar, por meio de um conjunto de interacções com o campo magnético da Terra, é a fonte de energia que empurra partículas na direcção do nosso planeta. Quando elas atingem o topo da atmosfera, excitam os átomos e as moléculas, fazendo com que cintilem. O brilho vermelho e verde tem origem no oxigénio atómico, e o azul, no azoto. Estas luzes coloridas, cuja altitude varia entre 80 e 500 quilómetros acima da superfície terrestre, podem ser observadas com precisão da Estação Espacial Internacional que, dada sua órbita a uma altitude de 400 quilómetros, voa através dessas auroras com frequência. Mas não há risco para os astronautas. Os electrões e protões que causam o fenómeno são milhares de vezes menos poderosos do que os raios cósmicos, potencialmente perigosos.

 

Outras Imagens do Dia:
2019-02-16 - Enxame aberto M 25
2019-02-15 - Aglomerado globular M15 (NGC 7078)
2019-02-14 - Distribuição de massa no aglomerado de galáxias CL0024+1654
2019-02-13 - Enceladus
2019-02-12 - Rios de lava em Vénus
2019-02-11 - Constelação do Cão Maior
2019-02-10 - Nebulosa planetária NGC 3132
2019-02-09 - Nebulosa da Águia (M 16)
2019-02-08 - Gás quente no centro da Galáxia
2019-02-07 - Enxame aberto M 38


Mais Imagens...