Imagem do Dia: Pormenor da Nebulosa do Véu

2009-05-21

Crédito: Jeff Hester (Arizona State University) & NASA.
Telescópio: Hubble Space Telescope (NASA/ESA).
Instrumento: Wide Field Planetary Camera 2 (WFPC2).
Esta imagem mostra uma pequena zona da Nebulosa do Véu, ou Laço de Cygnus (em inglês, Cygnus Loop). Cobrindo uma região do céu superior a seis vezes o diâmetro da Lua Cheia, esta nebulosa foi inicilmente considerada como um conjunto de nebulosas difusas distintas, de modo que regiões diferentes receberam números NGC diferentes: NGC 6960, NGC 6979, NGC 6992 e NGC 6995. Trata-se de um remanescente de supernova, o resultado catastrófico da explosão de uma supernova ocorrida há 15000 anos atrás. As ondas de choque produzidas pela explosão da supernova comprimem o gás e fazem com que este aqueça e emita radiação. Esta imagem foi obtida com o instrumento Wide Field Planetary Camera 2 (WFPC2) do Telescópio Espacial Hubble. A imagem a cores resulta da combinação de três imagens diferentes. A cor azul corresponde a emissão proveniente de oxigénio duplamente ionizado, a cor vermelha corresponde a emissão de enxofre ionizado e a cor verde é o resultado da emissão de átomos de hidrogénio. Este remanescente de supernova situa-se a cerca de 2500 anos-luz de distância na constelação do Cisne.
 

Outras Imagens do Dia:
2019-12-14 - M 81 e M82
2019-12-13 - Colisão galáctica - NGC 2207 e IC 2163
2019-12-12 - NGC 7023 - Nebulosa da Íris
2019-12-11 - NGC 6960 - Nebulosa do Véu
2019-12-10 - RCW38 em infravermelho
2019-12-09 - Dois discos em torno de Beta Pictoris
2019-12-08 - Galáxia espiral NGC 4945
2019-12-07 - Sojourner na superfície de Marte
2019-12-06 - O Telescópio Espacial Hubble
2019-12-05 - Enxame de galáxias Fornax em raios-X


Mais Imagens...