Imagem do Dia: Enxame de estrelas RCW38

2009-05-05

Crédito: European Southern Observatory (ESO).
Telescópio: Very Large Telescope - Antu (Paranal Observatory, ESO).
Instrumento: Infrared Spectrometer And Array Camera (ISAAC).
Esta imagem, obtida a partir de uma composição de 3 bandas no infravermelho próximo (entre 0,90 e 2,16 mícrones), mostra a espectacular maternidade de estrelas RCW38. Nesta região de formação de estrelas, a uma distância de 5000 anos-luz, muitas das estrelas jovens, que aqui se encontram em formação, estão ainda muito obscurecidas pelas grandes quantidades de poeira interestelar existente nas nuvens moleculares, a tal ponto que não são observáveis na parte visível do espectro da radiação electromagnética. Ao contrário, e como mostra esta imagem, essas mesmas estrelas jovens são bem visíveis em comprimentos de onda no infravermelho próximo. Isto deve-se ao facto da poeira interestelar ser cerca de 10 vezes menos opaca no infravermelho próximo do que na banda do visível. A radiação difusa que se pode ver na imagem resulta de uma mistura de luz estelar dispersada pela poeira e gás nessa área, e de emissão de riscas de hidrogénio, quer atómico quer molecular.
 

Outras Imagens do Dia:
2019-10-20 - Galáxia elíptica M 49
2019-10-19 - Rochas marcianas
2019-10-18 - SN 1006
2019-10-17 - Enxame aberto M 18 (NGC 6613)
2019-10-16 - Sírius - A estrela mais brilhante do céu nocturno
2019-10-15 - Os Anéis de Saturno
2019-10-14 - Nebulosa planetária NGC 3242
2019-10-13 - Gassendi
2019-10-12 - Enxames abertos M 35 e NGC 2158
2019-10-11 - As camadas da atmosfera de Titã


Mais Imagens...