Imagem do Dia: M 8 - Nebulosa da Lagoa

2003-06-24

Crédito: NASA, Hubble Heritage Team.
Telescópio: Hubble Space Telescope (NASA/ESA).
Instrumento: Wide Field Planetary Camera 2 (WFPC2).
Esta imagem revela a existência de zonas de elevada turbulência no seio da nebulosa da Lagoa, também conhecida por M 8 e NGC 6523. A estrela brilhante visível na imagem é a principal fonte de ionização do gás da nebulosa. Tal como acontece nos tornados terrestres, a diferença de temperatura entre as superfícies quentes das nuvens e os seus interiores frios, combinada, neste caso, com a pressão da radiação emitida pelas estrelas vizinhas, faz com que as nuvens sofram efeitos de turbulência, adquirindo uma forma tipo tornado. Esta imagem é o resultado da combinação de imagens sensíveis à emissão proveniente de enxofre, oxigénio e hidrogénio ionizados. A nebulosa da Lagoa situa-se a 5000 anos-luz de distância e pode ser vista com a ajuda de binóculos na constelação do Sagitário.
 

Outras Imagens do Dia:
2018-12-19 - Remanescente de supernova N49B
2018-12-18 - Anãs Castanhas no Trapézio
2018-12-17 - Nebulosa NGC 3603
2018-12-16 - Objecto estelar jovem GGD 27
2018-12-15 - Nebulosa da Roseta
2018-12-14 - Hen 1357 - Nebulosa da Raia
2018-12-13 - Nebulosa da Íris (NGC 7023)
2018-12-12 - Jactos de raios-X na nebulosa "Pata de Cavalo" (M17)
2018-12-11 - Enxame aberto NGC 7129
2018-12-10 - Remanescente de supernova SNR0103-72.6


Mais Imagens...