Imagem do Dia: Riscos no Céu

2007-09-18

Crédito: Hugo Silva
Telescópio: Canon EF 50mm f/1.4 a f/2.8
Instrumento: Canon EOS 350D
É um facto bem conhecido que a Estrela Polar indica o norte, mas na verdade, Polaris, a alpha Ursae Minoris, a estrela mais brilhante da imagem, não indica perfeitamente o ponto cardeal Norte, estando neste momento afastada deste aproximadamente 43 minutos de arco, aproximadamente 2/3 de grau. Nesta fotografia de longa exposição é visível perto do centro e mais brilhante a estrela Polar, bem como inúmeras outras estrelas que durante os 30 minutos de exposição mudaram de posição aparente devido à rotação do nosso planeta, desenhando arcos que são tanto maiores quanto mais afastada a estrela está do pólo norte celeste. Também nesta imagem é visível uma das mais subtis e mal estudadas formas de poluição: a luminosa. Apesar de a imagem ter sido capturada num local com excelente qualidade de céu e a aproximadamente 600m de altitude, a presença de alguma humidade no ar e uma povoação perto é suficiente para contaminar ligeiramente mas de forma visível o céu.
 

Outras Imagens do Dia:
2019-07-19 - A Via Láctea no Infravermelho
2019-07-18 - Astrónomos na Noite
2019-07-17 - Nebulosas do "Coração" e da "Alma"
2019-07-16 - Enxame de estrelas RCW38
2019-07-15 - Nebulosa da Tarântula
2019-07-14 - Nebulosa de emissão NGC 6820
2019-07-13 - Nebulosa planetária Henize 3-1475
2019-07-12 - Vida em Marte?
2019-07-11 - Titã em Infravermelho
2019-07-10 - Vénus, Júpiter e Spica


Mais Imagens...