Imagem do Dia: M 16 - Nebulosa da Águia

2003-05-20

Crédito: Bill Schoening/NOAO/AURA/NSF.
Telescópio: Kitt Peak 4m Mayall.
A nebulosa da Águia situa-se na constelação da Serpente a cerca de 8000 anos-luz de distância. Esta nebulosa, descoberta por Messier no séc. XVIII e também designada por M 16 ou IC 4703, é um exemplo de uma nebulosa de emissão, sendo a sua cor vermelha devido à emissão proveniente de hidrogénio ionizado. Nesta imagem, obtida no Observatório Nacional de Kitt Peak no Arizona (EUA), é ainda visível o enxame de estrelas jovens a ela associado, com uma idade estimada de 2 milhões de anos. De salientar as zonas escuras existentes no interior da nebulosa, cuja forma característica é responsável pelo nome atribuído, e que contituem zonas de poeira densas onde se estão a formar novas estrelas. Nos próximos dias veremos outras imagens desta região obtidas com diferentes telescópios e que nos dão diferentes perspectivas sobre o que se passa no interior desta nuvem de gás e poeira.
 

Outras Imagens do Dia:
2018-11-13 - Helix
2018-11-12 - M 16 - Nebulosa da Águia
2018-11-11 - NGC 6543 - Nebulosa Olho de Gato
2018-11-10 - M 33 (NGC 598) - Galáxia Triângulo
2018-11-09 - M 17 - Jactos de raios-X na nebulosa Pata de Cavalo
2018-11-08 - M87 - Um jacto extragaláctico
2018-11-07 - Nebulosa Ómega (M 17/NGC 6618)
2018-11-06 - Enxame aberto M 18 (NGC 6613)
2018-11-05 - Pulsar B1757-24
2018-11-04 - Nebulosa planetária NGC 3132


Mais Imagens...