Imagem do Dia: Cometa Ikeya-Seki

2003-04-28

Crédito: Roger Lynds/NOAO/AURA/NSF.
Telescópio: Não se aplica.
Instrumento: Máquina fotográfica, exposição de 4 minutos.
Esta fotografia, obtida pelo astrónomo Roger Lynds na manhã de 29 de Outubro de 1965 no Observatório de Kitt Peak (Arizona, EUA), mostra o cometa Ikeya-Seki próximo do horizonte, com uma espectacular cauda de poeira. Nota-se claramente que a cauda de poeira se apresenta encurvada na sua extremidade, delineando a trajectória no espaço do cometa. Este cometa passou a escassos 450 000 km do Sol (pouco mais do que a distância Terra-Lua!), uma distância à qual a maioria dos cometas conhecidos não poderia sobreviver, dada a intensidade da radiação solar. Após ter passado no periélio, o cometa era tão brilhante que podia ser visto em plena luz do dia, com o Sol tapado por uma árvore ou uma casa. De acordo com o relato da edição de Dezembro de 1965 da conhecida revista Sky & Telescope, houve, no Japão, quem tivesse observado o cometa Ikeya-Seki a apenas meio grau do Sol, tendo sido descrito como 10 vezes mais brilhante do que a Lua cheia! Este cometa, que ficou conhecido como o Grande Cometa de 1965, possui um núcleo com um diâmetro de cerca de 1 km.
 

Outras Imagens do Dia:
2019-07-16 - Enxame de estrelas RCW38
2019-07-15 - Nebulosa da Tarântula
2019-07-14 - Nebulosa de emissão NGC 6820
2019-07-13 - Nebulosa planetária Henize 3-1475
2019-07-12 - Vida em Marte?
2019-07-11 - Titã em Infravermelho
2019-07-10 - Vénus, Júpiter e Spica
2019-07-09 - Nebulosa da Lagoa (M 8) e da Trífida (M 20)
2019-07-08 - Tethys - Lua de Saturno
2019-07-07 - O céu em infravermelho


Mais Imagens...