Imagem do Dia: M27 em H-alfa

2006-07-15

Crédito: Paulo Benard-Guedes
Telescópio: TMB 130mm f/6
Instrumento: Atik ATK-2HS
M 27 foi a primeira nebulosa planetária a ser descoberta. Charles Messier descobriu-a a 12 de Julho de 1764 e descreveu-a como uma nebulosa oval sem estrelas. O seu diâmetro angular no céu é cerca de 6 minutos de arco. Estima-se que a sua idade seja cerca de 4000 anos. Tal como acontece com a maioria das nebulosas planetárias, a sua distância não é muito bem conhecida, podendo estar situada entre 500 e 3500 anos-luz de distância. M 27 é o resultado da morte de uma estrela como o nosso Sol. Pensa-se que o Sol dará origem a uma nebulosa semelhante daqui a 5 mil milhões de anos.
Esta imagem do astrónomo amador Paulo Bernard-Guedes mostra-nos M 27 com outros olhos, sensíveis apenas ao comprimento de onda H-alfa. A imagem é o resultado da combinação digital de 20 exposições individuais de 4 minutos cada, totalizando 80 minutos, ou 1h20m de exposição total.
 

Outras Imagens do Dia:
2019-02-16 - Enxame aberto M 25
2019-02-15 - Aglomerado globular M15 (NGC 7078)
2019-02-14 - Distribuição de massa no aglomerado de galáxias CL0024+1654
2019-02-13 - Enceladus
2019-02-12 - Rios de lava em Vénus
2019-02-11 - Constelação do Cão Maior
2019-02-10 - Nebulosa planetária NGC 3132
2019-02-09 - Nebulosa da Águia (M 16)
2019-02-08 - Gás quente no centro da Galáxia
2019-02-07 - Enxame aberto M 38


Mais Imagens...