Imagem do Dia: SN 1006

2006-01-05

Crédito: NASA/CXC/Rutgers/J.Hughes et al.
Telescópio: Chandra.
Esta imagem em cor falsa obtida pelo observatório espacial Chandra mostra raios-X produzidos por partículas altamente energéticas e gás muito quente na remanescente de supernova SN 1006. No ano de 1006, aquilo que parecia ser uma nova estrela no céu, tornou-se mais brilhante que o planeta Vénus. Hoje sabe-se que essa "estrela nova" era o brilho deixado pela explosão de uma estrela velha sob a forma de supernova, ocorrida a cerca de 7000 anos-luz da Terra. Passados quase 1000 anos sobre o acontecimento, pensa-se que essa explosão e o remanescente actualmente observado ainda em expansão se ficou a dever a uma anã branca que explodiu após ter ultrapassado o seu limite de estabilidade em consequência da quantidade colossal de massa por ela sugada de uma estrela companheira vizinha.
 

Outras Imagens do Dia:
2020-09-30 - Enceladus
2020-09-29 - Espectacular proeminência solar
2020-09-28 - Aglomerado globular NGC 6397
2020-09-27 - NGC 6543 - Raios-X na nebulosa Olho de Gato
2020-09-26 - Galáxia espiral Arp 188
2020-09-25 - Nebulosa Tromba de Elefante em IC1396
2020-09-24 - Nebulosa Vassoura da Bruxa (NGC 6960)
2020-09-23 - M6 (NGC6405) - Enxame da Borboleta
2020-09-22 - Remanescente de supernova N63A
2020-09-21 - Uma pequena janela para o Universo


Mais Imagens...