Imagem do Dia: W5 - "As Montanhas da Criação"

2005-11-14

Crédito: NASA/JPL-Caltech/Harvard-Smithsonian CfA/ESA/STScI.
Telescópio: Spitzer Space Telescope (NASA).
O Telescópio Espacial Hubble já nos tinha mostrado os "Pilares da Criação" (ver imagem do dia 23 de Maio de 2003). O Spitzer, um telescópio espacial de infravermelho mostra-nos, agora, as "Montanhas da Criação". Estas massas de gás frio e de poeira cósmica ficam situadas numa região de formação de estrelas designada por W5, na constelação da Cassiopeia. Situam-se a cerca de 7000 anos-luz de distância e têm cerca de 10 vezes o tamanho da região da nebulosa da Águia tornada famosa pelo Hubble. O Spitzer, ao estar equipado com câmaras de infravermelho, consegue penetrar nestas nuvens escuras e detectar imensas estrelas jovens em formação desconhecidas até agora. Isto porque a luz infravermelha consegue viajar através da poeira, enquanto que a luz visível é bloqueada por ela. Além disso, a própria poeira é aquecida pela luz das estrelas circundantes e emite no infravermelho.
 

Outras Imagens do Dia:
2018-11-13 - Helix
2018-11-12 - M 16 - Nebulosa da Águia
2018-11-11 - NGC 6543 - Nebulosa Olho de Gato
2018-11-10 - M 33 (NGC 598) - Galáxia Triângulo
2018-11-09 - M 17 - Jactos de raios-X na nebulosa Pata de Cavalo
2018-11-08 - M87 - Um jacto extragaláctico
2018-11-07 - Nebulosa Ómega (M 17/NGC 6618)
2018-11-06 - Enxame aberto M 18 (NGC 6613)
2018-11-05 - Pulsar B1757-24
2018-11-04 - Nebulosa planetária NGC 3132


Mais Imagens...