Imagem do Dia: Aglomerado estelar Hodge 301

2003-04-05

Crédito: The Hubble Heritage Team (AURA / STScI / NASA).
Telescópio: Hubble Space Telescope (NASA/ESA).
Instrumento: Wide Field Planetary Camera 2 (WFPC2).
Hodge 301, o algomerado estelar em baixo à direita na imagem, está localizado no interior da conhecida Nebulosa da Tarântula, na Grande Nuvem de Magalhães. Este aglomerado de estrelas muito brilhantes e com massas extremamente elevadas, não é o algomerado mais brilhante ou com maior número de estrelas no seio desta nebulosa, mas é de longe o mais velho. Muitas das estrelas de Hodge 301 já explodiram como supernovas, tendo enviado grandes quantidades de material para a sua vizinhança, a velocidades de cerca de 350 km/s. Este material ejectado a alta velocidade mergulha na nebulosa da Tarântula, comprimindo o gás em múltiplas camadas e filamentos, visíveis em cima e à esquerda da imagem. Igualmente visíveis perto do centro da imagem, pequenos glóbulos densos e colunas de gás e poeira interestelar, nos quais novas estrelas se encontram em formação, são progressivamente vaporizados pelo intenso vento estelar devido ao fortíssimo campo de radiação aí existente.
 

Outras Imagens do Dia:
2018-11-15 - Estrela eruptiva V838 Monocerotis
2018-11-14 - Nebulosa da Roseta
2018-11-13 - Helix
2018-11-12 - M 16 - Nebulosa da Águia
2018-11-11 - NGC 6543 - Nebulosa Olho de Gato
2018-11-10 - M 33 (NGC 598) - Galáxia Triângulo
2018-11-09 - M 17 - Jactos de raios-X na nebulosa Pata de Cavalo
2018-11-08 - M87 - Um jacto extragaláctico
2018-11-07 - Nebulosa Ómega (M 17/NGC 6618)
2018-11-06 - Enxame aberto M 18 (NGC 6613)


Mais Imagens...